TIPOS DE TRANSE : COMPREENDENDO OS ESTADOS ALTERADOS DE CONSCIÊNCIA


Estados Alterados de Consciência


Indo direto ao assunto, o estado alterado de consciência seria qualquer estado diferente do que você tem agora lendo esse texto, ou seja diferente do "normal".
Então nesse momento podemos dizer que você está no estado de vigília.
Cientificamente o estado alterado ocorre quando seu cérebro está trabalhando de uma forma diferente da comum, da qual as ondas cerebrais vibram de modo diferente.

Marcam esses estados diferentes uma sensação de não estar no mesmo local e outras diversas sensações difíceis de serem explicadas, mas geralmente fácil de serem identificadas quando ocorre.

a_efeito01.gif (10590 bytes)

A ciência divide os estados alterados que podemos atingir em 4.

Beta: O estado normal por exemplo, você aqui lendo.
Alfa: Semelhante a um estado de sono leve, porém ainda um pouco acordado. 
Teta: O estado do sono por exemplo, você dormindo.
Delta: O estado em que apenas o subconsciente está ativo, por exemplo um coma.

É possível atingir um estado alterado de diversas formas, desde falta de sono até o uso de drogas.
Lembrando que cada estado alterado é um tanto diferente do outro, o que mais difere é o que causa.
Mas não vou falar sobre a parte nessa parte e sim dos estados alterados de consciência.

Imagem HipnóticaO estado alterado faz nossa mente trabalhar de uma forma diferente, isso devido a mudança do modo que o cérebro trabalha.
Estados alterados as vezes podem provocar alucinações ligadas ao nosso subconsciente, para outros o estado alterado nos dá acesso a outras dimensões, onde podemos contatar diversos tipos de entidades.

Geralmente os estados alterados são usados no rituais dos xamânicos e para alcançar esse estado eles usam de ervas, chás alucinógenos, sons, danças e etc.
A partir disso eles podem fazer diversos trabalhos ligados a diversas coisas como cura por exemplo.

Outra exemplo de método  para atingir estados alterados foi descrito na postagem de Tjukurrtjana em que usam o som e a respiração para atingir estados alterados.

Em alguns rituais de passagem ervas e raízes alucinógenas também são usadas, assim que a pessoa pode lutar contra os medos e traumas escondidos no subconsciente que vem a tona.

Por exemplo, se você tem um grande trauma de algo, em um estado alterado você pode ter uma alucinação e encontrar esse trauma, as vezes tendo a opção de enfrentá-lo, é claro que também podemos ter diversas sensações boas também.

Um dos modos mais "seguros" de se atingir um estado alterado da mente é usando a meditação, mas requer muita prática e auto controle para conseguir alcançar esse transe.
A respiração controlada também pode ser um caminho fácil dependendo da pessoa.
Segundo alguns é possível também atingir esse estado a partir da visualização de símbolos, é claro que durante um bom tempo visualizando o símbolo, mas não consegui muitas informações sobre isso, quem sabe esses símbolos são restritos a alguns grupos.

Se você quiser se ver um bom exemplo sobre estados alterados e como eles são ligados a magia, procure os livros de Carlos Castaneda.
Carlos Castaneda descreve diversas aventuras entre "Estado Alterados - Projeção astral", em diversos momentos ele enfrenta medos e traumas, alguns da qual mal sabia que ele tinha.



Tjukurrtjana - Tempo de Sonhar


Aborígene Australiano
Tjukurrtjana é uma palavra usada pelos aborígenes australianos, foi traduzido para nossa língua como algo próximo a "Tempo de Sonhar".
O tempo de sonhar seria um plano que apesar do nome nele não existe tempo e ainda é o momento da criação de tudo e qualquer momento de tudo.
Na Tjukurrtjana, você esta na escola, está em casa, está jovem, velho, nascendo e morrendo, todos os momentos da sua vida em um só.
Nesse momento tudo se formou, o universo, as criaturas e as plantas, de acordo com essa cultura, também todo dia é o primeiro dia do mundo e o amanhã é apenas o sonho de hoje, "a árvore é o sonho da semente".
Também se acredita que tudo sempre existiu no tempo de sonhar e sempre vai existir por lá, está lá antes de nascer, vai estar lá depois que nascer e continuará lá após morrer.

Esse concepção produziu algo bem interessante, os aborígenes da Austrália não tentam mudar nada na natureza, são os mesmos desde quase 60 mil anos atrás, não praticam agricultura, não criam animais nem nada do tipo mantém tudo na ideia de que todo dia é o primeiro dia do mundo e o amanhã é apenas o sonho de hoje.
Devido a isso o escritor Robert Lawlor que passou 14 anos com esses aborígenes e trouxe essas informações para nós e os chamou de "Guardiões do Primeiro Dia".

A história muda um pouco de tribo para tribo, para alguns na Tjukurrtjana, durante o momento de criação foram os espíritos ancestrais que criaram as coisas ou moldaram a partir do momento da Tjukurrtjana.


Didjeridu


Didjeridu Didjeridu é um instrumento musical usado pelos aborígenes dessa região para penetrar na essencial de locais, esse ritual funciona quando a vibração do instrumento se mistura com os sentidos da pessoa e segundo eles possibilita entrar na essência de um lugar ou animal, assim entrando no tempo de sonhar do lugar ou animal  o conhecendo e tratando ele como igual, um pouco parecido com o xamanismo que conhecemos na parte de animais e totens.
Ou seja o som é usado para trazer um Estados Alterados de Consciência onde penetramos no tempo de sonhar. 
Atualmente esse instrumento é encontrado em todo o mundo e segundo alguns pesquisadores o seu uso ajuda muito a fortificar o sistema respiratório.



 Aqui vocês podem escutar o som do Didjeridu, aconselho você abaixar um pouco o volume do som do computador.



Isso é um pouco sobre o Tempo de Sonhar, quem quiser se informar melhor sobre o assunto procurem pelo livro Voices of The first Day: Awakening in The Aboriginal Dreamtime de Robert Lawlor.


Concluindo:



Esse assunto pode não adicionar muito a sua carga ocultista, mas acredito que é algo que vale ser conhecido, quem sabe daqui alguns anos todo esse conhecimento e magia que esse povo possui podem ser extintos, então vale a pena você conhecer, e se quiser tente se aventurar alcançar ou viver Tjukurrtjana.


"Na língua primitiva os aborígenes tinham apenas o tempo presente, contavam seus mitos como se ocorressem agora, e de novo, e ainda novamente, etc." (Alan Moore)

Fonte:http://tudosobremagiaeocultismo.blogspot.com.br/2011/06/tjukurrtjana-tempo-de-sonhar.html


10 características dos estados alterados de consciência

faeryjanalight.jpg (24577 bytes)

As dez características gerais e universais dos estados alterados de consciência são:

1. Alterações do Pensamento.

Mudanças subjetivas na concentração, na atenção, na memória e no julgamento podem ser induzidas em vários níveis pala forma apurada de um tal estado, junto a uma possível diminuição ou expansão da consciência reflexiva.

2. Sentido Alterado do Tempo.

Pode haver alteração no sentido do tempo e da cronologia, induzindo a uma sensação subjetiva de que este não existe, assim como a temporalidade pode se apresentar acelerada ou desacelerada. E este mesmo tempo pode ser vivenciado como sendo infinito ou de duração infinitesimal.

3. Medo de Perder o Controle.

O indivíduo tanto pode experimentar o medo de perder a contato com a realidade como o de se ver sem seu autocontrole. Em reação, ele pode desenvolver uma resistência crescente contra a experiência, ampliando o estado de ansiedade. Entretanto, se houver um condicionamento cultural positivo, e uma compreensão também positiva da experiência, podem ocorrer estados transcendentes e místicos.

4. Transformações na Expressão Emocional.

Pode ocorrer uma reação intensamente emocional, que faça um percurso do êxtase ao desespero, junto à redução do controle da consciência.

5. Transformações na Imagem Corporal.

São freqüentes os relatos de alterações na imagem do corpo, associadas com a dissolução das fronteiras existentes entre o eu e os outros, e também com os estados de despersonalização e de não-realização, onde o senso de realidade fica temporariamente perdido ou modificado. Tais ocorrências podem ser consideradas estranhas e aterradoras, ou estados místicos e oceânicos de unidade cósmica. Esta segunda alternativa é mais própria das experiências que ocorrem nos sistemas de crença condicionados pela necessidade emergente de encontros espirituais.

6. Alterações da Percepção.

Tanto pode haver um aumento da imagética visual como uma enorme abertura para as percepções e alucinações. O conteúdo destas alterações é influenciado pelas expectativas culturais: pelas exortações do grupo e fantasias do indivíduo. Elas podem exprimir a psicodinâmica dos medos e outros conflitos internos, ou simplesmente os mecanismos neurofisiológicos indutores dos padrões geométricos e de transformações da luz, da cor e da forma. Estas alterações podem propiciar vivências das chamadas sinestesias, isto é, a mudança de unia determinada forma de experiência sensorial para outra.

7. Transformações dos Significados.

Em meio aos poderosos estados alterados de consciência, alguns indivíduos tendem a se agarrar aos significados especiais de suas próprias vivências, ideias ou percepções. Assim, a experiência tanto pode propiciar grandes insights como a sensação de significâncias profundas, que vão da sabedoria genuína à desilusão auto-imposta.

8. Sensação do Indizível.

A singularidade de tais experiências subjetivas é associada aos estados alterados de consciência, portanto, dissociada dos seus estados comuns. Os indivíduos têm grande dificuldade para comunicá-las a quem não teve esse tipo de vivência.

9. Sensação de Rejuvenescimento.

Depois de sair de um profundo estado alterado de consciência, muitos indivíduos relatam um novo sentimento de esperança, rejuvenescimento e renascimento. Tais transformações podem ser de curta duração ou promover ajustes duradouros e positivos no emocional e na aparência.

10. Hiper-sugestionabilidade.

Em meio a violentos estados alterados de consciência, os indivíduos ficam exageradamente suscetíveis e aceitam ou respondem as questões sem nenhum senso crítico. As insinuações generalizadas, que refletem sistemas culturais de crença ou expectativas de grupo, podem ganhar um peso fundamental. A posição do xamã ou do orientador da sessão, especialmente no contexto do uso alucinógeno, assume Um papel de grande responsabilidade, porque os demais participantes ficam extremamente sensíveis a quaisquer estímulos verbais e não verbais a eles dirigidos. O conteúdo e o resultado das experiências com os estados alterados de consciência são quase sempre diretamente atribuídos à integridade e capacidade do líder.

Os Estados Alterados de Consciência (EAC) são estados de consciência que diferem significativamente dos estados de consciência normal (vigília), porém não se resume exclusivamente ao estado verificável do cérebro que constitui um EAC.O estado do cérebro é uma questão objetiva mas não deve se restringir às respostas do EEG ou de MRI. Caso contrário, catalogaríamos aos EAC os estados do tipo como quando o indivíduo está espirrando, tossindo, pensando na cor vermelha, etc.
  
As leituras do cérebro revelam atividade ou inatividade cerebral, mas essa não é uma boa medida para identificar os EAC. Por exemplo, foram identificadas ondas Alfa em um EAC, onde normalmente se mede também a falta do processo visual e de enfoque, entretanto às vezes este estado é reconhecido em alguns atletas e jogadores de vídeo-game como um estado automático (piloto-automático).
O entendimento desse estado pode ser melhor definido pela presença de duas características subjetivas importantes: a sensação psicológica de deslocamento do ego ao centro de percepção da pessoa e uma sensação que este ego é identificado com o próprio corpo da pessoa. Os estados de consciência onde a pessoa perde a sensação de identidade com o seu próprio corpo ou com as percepções de si mesma podem, definitivamente, ser chamados de EAC.
Estes estados podem ser alcançados espontaneamente através de situações como um trauma, um sono perturbado, a privação ou sobrecarga sensória, desequilíbrio de neuroquímico, ataque epiléptico ou febre. Eles também podem ser induzidos por comportamento social, como danças frenéticas ou entonações e cantos. Podem ainda, ser induzidos por descargas eletricamente estimulantes no cérebro ou ingerindo drogas psicotrópicas.  
Muitos afirmam que o estado hipnótico é um EAC. Certamente se assemelha mas não podemos convictamente afirmar que se trata de um EAC. Uma pessoa hipnotizada pode responder no pós-transe sem a recordação (amnésia) de que algumas palavras lhe foram mostradas. Depois, sem nenhuma memória consciente de ter visto as palavras, dão evidência da memória implícita de tê-las visto. Para alguns, é duvidoso considerar a amnésia como EAC.  
Há poucas evidências que o EAC possa conduzir uma pessoa a um reino transcendente e elevado de consciência, como afirmam parapsicólogos como Charles Tart e Raymond Moody, mas há ampla evidência que algum EAC provocam sentimentos extremamente agradáveis e podem afetar profundamente a personalidade de um individuo. Por exemplo, algumas experiências religiosas são descritas como uma sensação muito agradável da presença divina e o acesso ao significado de todas as coisas. As drogas como LSD podem induzir sentimentos semelhantes. Alguns pacientes que sofrem de epilepsia do lóbulo temporal sentem a sua doença como um êxtase, com sentimentos de unidade com Deus (Ramachandran 1998).
Também, através de estímulos elétricos nos lóbulos temporais, Michael Persinger pôde duplicar a sensação da presença divina, a sensação de deixar o corpo (viagem astral) e outros sentimentos associados ao misticismo (Persinger 1987). Dr. Olaf Blanke do Hospital Universitário de Genebra, na Suíça, descobriu que através do estímulo elétrico do giro angular os pacientes relatavam experiências de saídas do corpo. (Em um experimento relacionado, o Dr. Stuart Meloy, anestesiologista e especialista da dor em Winston-Salem, Carolina do Norte, estava testando uma descoberta lenitiva da dor quando descobriu acidentalmente que estimulando eletricamente a coluna espinhal de uma mulher ele a induzia a um orgasmo.)  
Os estados cerebrais (epiléticos, LSD e estados eletricamente estimulados) são responsáveis exclusivamente por eliciar sentimentos místicos de um encontro com Deus? Talvez, entretanto não se podem descartar as ocorrências fora dessas condições. Porém, é provável que os mecanismos que ativam estes sentimentos são completamente naturais, podendo até ser um efeito colateral agradável de alguma adaptação evolutiva, embora ainda não saibamos por que são ativados tais estados no cérebro.
E enquanto prevalece no campo científico essas descobertas, extremamente interessante, de que as experiências religiosas podem ser induzidas através da doença, dos elétrodos e por drogas, parece apenas uma condição constrangedora acreditar em Deus. Embora também poderia ser uma razão constrangedora tomar remédio, não buscar tratamento, usar um estimulador eletromagnético do crânio e esperar pelos resultados de Orgasmotron (de Woody Allen).
A maioria das religiões orienta para um estado ideal, (como o EAC), onde o indivíduo perde o contato com o seu corpo e o seu próprio ego para se unir a algum tipo de divindade e sentir um prazer extático.

Fonte:http://www.portalcmc.com.br/
hipart_18.htm


SOBRE O TRANSE - ESTADO ALTERADO DE CONSCIENCIA

 


Exercícios e Técnicas Inéditas

O Transe - Estado Alterado de Consciência

Vamos aprender como funciona os estados alterados de consciência, isso aumentará nossas energias, mantendo-nos conscientes, lúcidos, melhorando nosso autocontrole, desta forma poderemos eliminar doenças, drogas, vícios e outros problemas em nossas vidas.

Para entrarmos em um estado alterado de consciência, devemos entender como funciona nosso cérebro e suas frequências. São elas as seguintes: BETA - ALFA - TETA - DELTA

As ondas cerebrais são formadas por ondas eletromagnéticas produzidas pela atividade elétrica das células cerebrais e podem podem ser medidas com o uso de aparelhos eletrônicos, tais como o eletroencefalograma. As freqüências dessas ondas elétricas são medidas em ciclos por segundo. As ondas cerebrais mudam de frequência baseando-se na atividade elétrica dos neurônios e estão relacionadas com a mudança dos estados de consciência (concentração, relaxamento, meditação etc.).

A FREQUÊNCIA BETA Nesta frequência, estamos bem despertos "alertas" e percebemos o mundo físico através dos nossos sentidos. Nossos neurônios transmitem informações rapidamente, ligando-nos à lógica, ao raciocínio, ao pensamento, ou seja, a uma atividade mental que corresponde à consciência do mundo material percebida através dos nossos cinco sentidos. As ondas betas estão ativas enquanto praticamos esportes, estudamos, pensamos, isto é, atuam na análise e na organização de informações onde a concentração mental é necessária para um bom desempenho. A faixa de ondas beta está entre 21 e 14 ciclos por segundo.

A FREQUÊNCIA ALFA Nesta frequência estamos com os sentidos parcialmente adormecidos, num estado de descontração e relaxamento profundo, adormecimento fisico ou pré sono. As ondas alfa são comuns antes do sono profundo e um pouco antes de acordarmos totalmente; mais conhecido como estado "hipnagógico"; podemos chamar de "estado de consciência superior, pois entramos num estado de percepção extra-sensorial e temos pensamentos intuitivos e criativos.

Através do relaxamento podemos entrar nesse estado, pois as ondas cerebrais ficam mais lentas e passamos do estado beta para o alfa. As ondas vibratórias emitidas pelo cérebro em estado alfa é abaixo de 14 ciclos/segundo. A consciência se expande, flui energia criativa e a ansiedade deixa de existir, isto nos trás uma sensação de paz e bem-estar. As ondas alfa são excelentes para a solução de problemas, novas idéias, discernimento e em várias áreas de nossas vidas. Nesse estado alterado de consciência "sem uso de quaisquer drogas" temos mais acesso às nossas capacidades internas, conhecidas também como paranormais e abrimos uma porta para estados de consciência mais profundos onde "todos somos um". Nesse estado de consciência, quando chegamos à 10.5 ciclos por segundo, atingimos a Schumann Resonance - a freqüência do campo eletromagnético da Terra. Nessa freqüência, consegue-se a telepatia, premonição, retrocognição etc.

A FREQUÊNCIA TETA Com práticas de relaxamento podemos aprofundar ainda mais, alcançando o nível abaixo de 7 ciclos por segundo, chegaremos ao nível teta onde ocorre inclusive a cura do corpo físico. Nesse nível, nossa atividade cerebral chega quase ao nível do sono; temos a sensação de estarmos misturados com o que acontece naquele momento na vida real (sons que ouvimos no ambiente), isto é, misturamos a realidade que ouvimos com os sonhos. Teta é um estado de consciência onde aumentamos a capacidade mental, onde aparecem os flashes do nosso inconsciente e o acesso às memórias esquecidas. É ideal para a cura e também para a aprendizagem. Podemos nos livrar de condicionamentos indesejados, reviver cenas que causaram traumas no passado e nos curarmos; geralmente nos lembramos dos sonhos ao acordarmos.

Conta-se que Thomas Edison adormecia levemente em cima de seus experimentos e despertava com as soluções. Recebemos informações para além do nosso estado normal de consciência, ativando estados mentais extra-sensoriais; intuição e criatividade.

A FREQUÊNCIA DELTA Corresponde ao estado de hipnose profunda, um estado inconsciente. Ondas cerebrais alcançam um nível abaixo de 4 ciclos por segundo. Se conhece pouco sobre o que ocorre nesse nível. Estamos de olhos fechados, inconscientes e com todos os sentidos adormecidos. O corpo está em sua função automática e nos encontramos insensíveis às dores. Também Corresponde a um estado de coma profundo, de sono profundo ou de anestesia geral. Delta é a mais baixa de todas as frequências de ondas cerebrais.

No Estado liberamos o hormônio do crescimento humano (GH), que é liberado se não fizermos nenhuma alimentação pesada cinco horas antes de dormir. No início de nossas vidas, esse hormônio (GH) é usado pelo nosso organismo para o crescimento; quando cessa o crescimento, nosso organismo o usa para nos manter jovens. Essa liberação é benéfica, pois beneficia a cura e a regeneração celular.

Podemos atingir as ondas alfa e teta através do relaxamento. O nível de transe que você consegue depende muito do seu relaxamento, habilidades de concentração, e força de vontade.

Para entrar em um transe mais profundo, nível Teta em diante, terá que se concentrar mais e por muito mais tempo. O primeiro nível de transe é profundo o suficiente para a projeção astral. Não aconselho o transe profundo para quem não está habituado com o primeiro nível.

Como saber se estamos entrando em transe profundo?

Existem quatro sintomas perceptíveis:

01. Uma sensação desconfortável de frio, juntamente com uma perda de calor corporal.

02. Mentalmente, você se sentirá muito estranho e tudo parecerá extremamente lento. Seus processos de pensamento irão ficar lentos como se estivesse bêbado.

03. Você se sentirá desassociado de seu corpo, ex: sensação de estar flutuando e tudo parecerá distante.

04. Paralisia física total.

Nota: Essas quatro coisas, TODAS JUNTAS, significam que você está entrando em um transe profundo. Não confunda com a sensação de flutuação leve que às vezes você consegue com o transe superficial (conforme seu corpo astral se solta).

Muitas pessoas estragam as projeções porque ainda não estão acostumadas com o estado de transe. Elas pensam que ele é uma janela para a dimensão astral. Isso não é verdadeiro. Se você ficar mentalmente e fisicamente tranquilo quando entrar no estado de transe, você poderá mantê-lo durante horas.

Se, quando entrar em transe, pensar: "Sim! Eu consegui!... Estou em transe! Tenho que me apressar e sair do corpo rapidamente... antes que ele termine! " Você estragará a sua projeção com certeza! O transe será interrompido pelo simples fato de ficar entusiasmado demais, quebrando o relaxamento e a tranquilidade mental.

É uma boa idéia ficar um tempo em estado de transe, apenas se acostumando a ele, antes que você tente e faça projeção. Apenas relaxe, fique calmo, perceba sua respiração, observe o que acontece e mantenha o transe. Ele não terminará até que você queira. Acostume-se com como ele lhe faz sentir. Quando estiver fazendo isso confortavelmente, sugiro que faça o exercício de estimulação dos chakras que explicarei mais a frente.


Obs: Você não precisa estar em transe para aprender a trabalhar com as energias e com os chakras, mas em transe você poderá perceber melhor e até observar o funcionamento das mesmas, utilizando a visão astral.


EXERCICIO 9 - O TRANSE E A ABERTURA DA VISÃO ASTRAL

 



Exercícios e Técnicas Inéditas


9º Exercício - Transe (Abertura da Visão Astral)

1- Para que consiga alcançar o relaxamento profundo necessário para ativar a visão astral, é imperativo que você esteja em uma atmosfera muito relaxante e propício à meditação. Encontre um lugar calmo, bem arejado, livre de distrações externas, tais como pessoas ou ruídos altos. Sente-se em uma poltrona ou deite-se confortávelmente.

2- Feche seus olhos e concentre-se em sua respiração. Ao concentrar-se na respiração, você será capaz de livrar sua mente de outros pensamentos e distrações, caso tenha uma mente distraída, inquieta, dificilmente será capaz de entrar nesse estado de transe, necessário para a ativação da visão astral. Procure sentir cada respiração vindo e preenchendo todo seu corpo. Se ajudar, imagine que o ar que você está inalando é uma energia ou fumaça colorida. Sinta a cor entrando pelo nariz, circulando por todo seu corpo, saindo pela boca e preenchendo todo o local em que você está. Continue fazendo isso até sentir que esvaziou sua mente de pensamentos e/ou distrações.

3- Imagine uma sensação de queda ex: caindo num poço sem fundo ou de um elevador quebrado. Isso ajuda a "aprofundar" o seu nível de consciência. Basicamente, você está tentando adormecer o seu corpo, ao mesmo tempo que mantém sua mente acordada. Ao imaginar a sensação de cair, você começará perder a consciência de seu corpo. Saberá que está fazendo certo se o seu corpo começar a ficar dormente ou formigando. Continue fazendo isto, até que seu corpo inteiro esteja completamente insensível.

4- Concentre-se em suas pálpebras, não tente abrí-las, basta gentilmente estar ciente delas. Torne-se consciente de que está vendo atrás de suas pálpebras fechadas. Se você começar a ver cores, formas ou flashes, estará no caminho certo. Não fique ansioso ou animado, apenas siga as formas e cores para onde elas o levarem. Concentrando-se em suas pálpebras em um estado relaxado, você terá a possibilidade de ativar a visão astral. Se você alcançou um estado de transe profundo, será capaz de ver a área em torno de você através de sua pálpebras fechadas. Continue a praticar esta técnica frequentemente, deverá ter uma melhoria rápida com treinos diários.

Nota: Durante experiências meditativas, muitas pessoas são capazes de ver seu entorno através das pálpebras fechadas. Alguns praticantes chamam essa visão de visão astral. Esta capacidade está fortemente ligada à projeção astral, geralmente após ativarmos a visão interna, o desprendimento do corpo astral acontece naturalmente quando pensamos em flutuar.


EXERCICIO 10 - ENERGIZAÇÃO E PROJEÇAO ASTRAL

 

Exercícios e Técnicas Inéditas


10º Exercício - Energização e Projeção Astral

01- Deite-se em decúbito dorsal e faça o exercício de relaxamento (Exercício 6), usando a percepção da respiração procure limpar sua mente de qualquer pensamento ou preocupações.

02- Após totalmente relaxado e com a mente livre de pensamentos , focalize a atenção no centro do seu peito.

03- Ainda de olhos fechados, inspire profundamente imaginando uma luz cor de rosa preenchendo, iluminando e energizando todo o centro do peito (chakra cardíaco). Prenda a respiração e imagine que esta luz rosa preenche todo o ambiente, faça isso mentalizando a palavra SAIR.

04- Agora visualize essas energias subindo por um "cano imaginário" que liga seu chakra cardíaco ao chakra frontal (situado entre as sombrancelhas). Imagine que uma luz azul brilhante preenche toda sua cabeça e expande para o ambiente. Agora expire todo o ar dos pulmões mentalizando a palavra CONSCIENTE.

05- Como no passo número 03: puxe novamente o ar pelo chakra cardíaco, preenchendo todo peito com a luz cor de rosa. Retenha o ar e a cor por alguns segundos mentalizando a palavra EM.

06- Imagine que as energias passam por um "cano imaginário", dessa vez, fazendo a ligação entre o chakra cardíaco e o chakra do plexo solar (situado acima do umbigo), preencha esta região com a luz dourada e exale todo o ar, ao mesmo tempo vizualize o amarelo dourado sendo exteriorizado para todo o ambiente. Mentalize a palavra ASTRAL.

08- Repita o processo por várias vezes, sempre começando pelo chakra cardíaco. A mesma sequência: Cardíaco, Frontal, Cardíaco, Plexo Solar.

09- Faça isso até atingir o estado vibracional (E.V), prestando atenção no zumbido intracraniano (deixe expandir). Esta é uma ótima técnica para a projeção astral.

10- Deixo aqui um exemplo ilustrativo do processo energético:

O Termo: ZUMBIDO INTRACRANIANO - É usado tanto para descrever estalos dentro da cabeça, indicativos de que a pessoa está para se projetar, quanto para descrever aquele famoso “zumbido” que a gente parece ter quase que o tempo todo, entre os ouvidos, atribuído aos fluxos e refluxos da circulação energética. Se neste momento você prestar atenção ao que está acontecendo dentro de sua cabeça, provavelmente vai ouvi-lo: ziiiiiiinnnnnn!


EXERCICIO 11 - CIRCULACAO ENERGETICA E PROJECAO ASTRAL

 


Exercícios e Técnicas Inéditas


11º Exercício - Circulação Energética e Projeção Astral

Não poderiamos deixar de citar a técnica de circulação energética, muito conhecida entre os estudiosos da projeção astral, conhecida também como a técnica do EV (Estado Vibracional). Esta técnica também pode ser realizada a qualquer hora e em qualquer lugar e posição. Sentado, em pé, deitado, no trabalho, na sala, na escola e etc.

Abaixo Apresentaremos a Técnica que Deverá ser Realizada à Noite:

01- Deite-se em decúbito dorsal e faça o exercício de relaxamento (Exercício 6), use a percepção da respiração e procure limpar seus pensamentos ou preocupações.

******

EXERCICIO 6 - RELAXAMENTO


Exercícios e Técnicas Inéditas

6º Exercício - Relaxamento

Para realizarmos uma projeção astral consciente, necessitamos aprender a relaxar. Aprendendo a relaxar, poderemos com a prática relaxar o nosso corpo por completo em alguns segundos.

Existem várias técnicas de relaxamento, faça a que se sentir melhor. A seguir realizaremos um exercício simples e eficaz. Lembre-se que ele não é o único e que existem vários caminhos para que possamos aprender a relaxar.


Os 15 Passos para o Relaxamento Completo

01- Procure um lugar sossegado, aconchegante onde não possa ser interrompido.

02- Deite-se em decúbito dorsal (de costas), com os braços ao longo do corpo.

03- Inspire profundamente por oito segundos

04- Prenda sua respiração por mais oito segundos

05- Exale todo ar de seus pulmões também com a mesma contagem.

06- Repita esse processo por três vezes.

07- Comece a sentir o seu corpo: comece pelos dedos dos pés e vá subindo até o couro cabeludo.

08- Sinta o seu corpo relaxando completamente "poderá sentir-se sendo puxado para baixo".

09- Não faça resistência a esse "puxão".

10- Sinta o seu corpo afundando na cama e suas energias sendo expandidas.

11- A sua mente está livre, e tranquila.

12- Procure estar consciente do que ocorre.

13- Aos poucos você se sentirá leve e completamente relaxado "retorne quando quiser".

14- Após isso, Sinta novamente o seu corpo.

15- Inspire e respire profundamente por mais três vezes antes de abrir os olhos. 


Obs.: Quando você atingir um nível de relaxamento profundo e de tranquilidade mental, sentirá seu corpo muito pesado. Essa sensação de peso é o principal sintoma da mudança do nível de suas ondas cerebrais de beta para alfa (Transe). O estado de transe é causado pelo profundo relaxamento físico e mental. Não há nada de estranho ou sobrenatural nisso. Significa apenas seu corpo está adormecendo enquanto sua mente consciente está totalmente acordada.

******

02- Após totalmente relaxado e com a mente livre de pensamentos, imagine que há uma bola de luz acima de sua cabeça.

03- Faça essa bola passar por dentro de sua cabeça, iluminando-a completamente (pode-se utilizar a cor que desejar).

04- Agora vá descendo devagar pelo pescoço, torax, umbigo, quadris, coxas, joelhos, tornozelos, pés, até que ela saia das solas dos seus pés para fora.

05- Em seguida, faça essa "bola energética" voltar no sentido inverso (entra pelos seus pés, passa pelos tornozelos, joelhos, quadris, umbigo, torax, pescoço, cabeça, até ficar novamente acima de você.

06- Volte novamente em direção aos pés, e novamente até a cabeça, cada vez mais rápido. Procure fazer ela subir e descer o mais rápido possivel.

08- Vá fazendo isso até alcançar o E.V (Estado Vibracional).


 Nota: EV - O corpo físico começa a vibrar de forma incontrolável, e é como se uma corrente elétrica sem choques estivessem percorrendo por todo seu corpo. Então começará a ouvir o zumbido intracraniano, module esse som para que ele se torne cada vez mais uniforme, alto e continuo, isto fará com que seu corpo astral seja projetado para fora do corpo físico.

Fonte:http://www.instituto-pec.com/apps/blog/show/24322093-sobre-o-transe-estado-alterado-de-consciencia



Os estados alterados de consciência, não envolvem apenas o transe, e sim a capacidade de viajar na realidade incomum com o objetivo de encontrar-se com espíritos animais, plantas, mentores, obter insights, para curas, etc.
Stanley Kryppner chega a classificar 20 estados alterados de consciência . Eliade fala do êxtase, Castañeda fala do nagual. Nirvana, samadhi, alfa, transe, satori, consciência cósmica, supra-consciência, etc. também são nomes para o mesmo fenômeno.
São através desses estados que conseguimos nos conectar com nossos mitos, símbolos, nossa verdade interior. Conseguimos expandir a nossa percepção para os mistérios que estão guardados em nós mesmos.
Aprendemos a sentir, ver e ouvir a energia. Nos religamos com o Sagrado e com a fonte criativa de tudo o que nos acontece. Através da consciência ordinária, não conseguimos alcançar níveis profundos do nosso ser.
Existem diversas técnicas ou rituais para se chegar a estados mais profundos de consciência, dentre elas : tambores, danças, jejuns, plantas de poder, respirações, posturas corporais, etc.


Através dos estados alterados nos alcançamos uma experiência divina, acessamos uma fonte de Sabedoria Superior, curamos nosso corpo, nos conhecemos melhor através das visões, expandimos a nossa consciência.No mundo inteiro administram-se placebos, que acarretam em diminuição da dor, náuseas, ansiedades, etc.
O corpo não tem segredos, nunca mente, os pensamentos passados, ou presentes não passam sem deixar sua marca corporal. As imagens comunicam-se com tecidos e órgãos, e até células para promoverem mudanças.
Os xamãs compreendem, o nexo entre o corpo, alma e mente, num sentido espiritual. O trabalho ritual do xamã tem efeito terapêutico direto, visualizar imagens vívidas e induzir estados alterados de consciência, que conduzem a auto-cura.


Na medida em que adquirimos conhecimento deste sistema de defesa, podemos treinar nosso sistema imunológico para funcionar com eficácia. Os cientistas já comprovaram que o sistema nervoso central, não sabe diferenciar uma vivência real de uma vivência imaginária.Nosso sistema imunológico é violentamente agredido por muitos tipos de comportamentos e pensamentos. De acordo com pesquisas, imagens específicas, sentimentos positivos, sugestões, aprender como reagir com fatores estressantes de modo relaxado, tem o poder de aumentar a capacidade do sistema imunológico, no sentido de combater a doença.
Os caminhos do xamanismo, são acima de tudo, espirituais. A prática xamânica compreende a capacidade de entrar e sair de estados alterados. No xamanismo considera-se a doença como originária do mundo espiritual. A maior atenção não é dada para os sintomas, ou a doença em si, mas a perda de poder pessoal que permitiu a invasão da doença.
Sentimentos, pensamentos e imagens podem, na realidade, causar liberação de substâncias químicas. Um equilíbrio químico é essencial à manutenção da saúde.


As imagens e visões, são usadas como instrumentos para reestruturar o significado de uma situação, de modo que ela deixe de criar sofrimento.
As imagens transmitem mensagens compreendidas pelo sistema imunológico. Elas ligam os pensamentos conscientes aos glóbulos brancos.
Saúde é estar em harmonia com a visão do mundo. É uma percepção intuitiva do Universo e de Todas as Suas Relações. No xamanismo aprendemos a nos comunicar com animais, plantas, estrelas e minerais, conhecemos a morte e a vida e não vemos diferença entre elas. Expandimos para além do estado ordinário de consciência para experimentar as vibrações do Universo.

Fonte:
http://www.salves.com.br/
realtstatesconsc.htm

Postagens mais visitadas deste blog

TEONANÁCATL - COGUMELO SAGRADO,A CARNE DOS DEUSES

AYAHUASCA,O CHÁ DO SANTO DAIME : CHÁ SAGRADO OU DROGA ALUCINÓGENA ?