Postagens

ESTUDO CONSEGUE REVERTER COMPLETAMENTE ALZHEIMER APENAS PELA RETIRADA DE 1 ENZIMA

Imagem
© Anatomy Insider/shutterstock cerebro cranio alzheimer 0817 400x800 
Estudo consegue reverter completamente Alzheimer apenas pela retirada de 1 enzima
Pesquisadores norte-americanos encontraram um jeito de reverter completamente o Alzheimer em testes através da remoção gradativa de uma enzima que age no desenvolvimento da doença. A descoberta dá margem para a criação de remédios que interrompam a doença e melhorem a função cognitiva, representando uma grande esperança a pacientes. Entenda: Cientistas inibem enzima do Alzheimer O estudo desenvolvido pelo Instituto de Pesquisa da Clínica Cleveland Lerner e publicado no Jornal de Medicina Experimental partiu do fato de que um dos primeiros eventos da doença de Alzheimer é o acúmulo anormal da proteína beta-amiloide, o que forma grandes placas no cérebro que prejudicam a função das sinapses neurais e, com isso, afetam a capacidade cognitiva do paciente. Como a beta-amiloide é produzida por meio da enzima beta-secretase, uma estratégia para det…

CIENTISTAS DESCOBREM VERDADEIRA ORIGEM DO ALZHEIMER E PODEM REVOLUCIONAR TRATAMENTO

Imagem
  HAYDENBIRD / ISTOCK
Cientistas descobrem verdadeira origem do Alzheimer e podem revolucionar tratamento
Pesquisadores italianos acabam de anunciar uma descoberta que pode revolucionar o tratamento do Mal de Alzheimer, informa a agência de notícias ANSA. Umestudo publicado no científico Nature Communications afirma que a origem da doença não é na área do cérebro relacionada à memória, como se pensava, mas sim na área relativa aos distúrbios de humor.

Origem do Alzheimer é descoberta
BECRIS/SHUTTERSTOCK
A pesquisa desvendou que o que causa o mal de Alzheimer é a morte de neurônios na área tegmental ventral do cérebro, região onde são produzidos os hormônios dopamina, um neurotransmissor ligado à variação de humor. Até então, acreditava-se que a doença se devia à degeneração das células do hipocampo, parte cerebral responsável pela memória. Em um efeito dominó, a morte das células que produzem dopamina prejudica a chegada desta substância ao hipocampo, causando uma pane que gera perda de memór…

O QUE ACONTECE NO CÉREBRO DE QUEM TEM ALZHEIMER: MORTE DAS CÉLULAS E NEURÔNIOS

Imagem
O que acontece no cérebro de quem tem Alzheimer: morte das células e neurônios
Descoberto em 1906 pelo neurofisiologista alemão Alois Alzheimer, a doença conhecida como “mal de Alzheimer” afeta diretamente o cérebro de modo lento e progressivo. Pouco a pouco, as funções cognitivas do cérebro dos pacientes são destruídas. Até hoje não há cura para a doença.


Atenção, memória, inteligência e linguagem são afetadas pelo Alzheimer devido à atuação de uma proteína que se chama “tau”. A “tau” se acumula e forma barreiras entre as conexões cerebrais. Com o passar do tempo, ou seja, o avançar da doença, essas barreiras ficam mais fortes e destroem as conexões entre os neurônios do córtex, responsáveis pela emoção, inteligência e percepção do nosso cérebro. Com isso, o córtex encolhe. Quando esse encolhimento chega ao hipocampo, local do cérebro onde se armazenam as memórias e também está associado à aprendizagem e às emoções, o Alzheimer progride para outras áreas do cérebro, causando a morte das c…

SOFTWARE LÊ TODO CÉREBRO E ANTECIPA DIAGNÓSTICO DE ALZHEIMER EM ATÉ DOIS ANOS

Imagem
MCGILL/NEUROBIOLOGY OF AGING


Software lê todo cérebro e antecipa diagnóstico de Alzheimer em até dois anos


Uma nova tecnologia no rastreamento do cérebro poderá descobrir quem corre o risco de desenvolver Alzheimer dois anos antes dos primeiros sintomas da doença aparecerem. Nova tecnologia rastreia AlzheimerCientistas da Universidade de McGill, no Canadá, descobriram uma técnica que une inteligência artificial e banco de dados para criar um algoritmo que reconhece os sinais do Alzheimer com antecedência – com uma precisão de 84% dos casos.

Para tanto, os pesquisadores realizaram uma varredura PET-Scan, tomografia que permite o mapeamento de diferentes substâncias químicas radioativas no organismo, a fim de identificar o acúmulo da proteína beta-amiloide, que provoca o Alzheimer, no cérebro. A descoberta acelera as pesquisas para o tratamento de Alzheimer e muda a forma com que a doença pode ser diagnosticada, já que os pesquisadores pretendem disponibilizar a técnica em consultórios e clí…

ALZHEIMER: COMO DIFERENCIAR O ESQUECIMENTO NORMAL DAQUELE CAUSADO PELA DOENÇA

Imagem
ORAWAN PATTARAWIMONCHAI/SHUTTERSTOCK

Alzheimer: como diferenciar o esquecimento normal daquele causado pela doença
Esquecimentos pontuais, dificuldade para lembrar uma palavra e demora ao contar uma história podem ser sinais comuns de estresse ou mesmo falta de atenção. Porém, são também alguns dos sintomas iniciais do mal de Alzheimer, doença que pode começar a se manifestar muitos anos antes do diagnóstico. A dificuldade em diferenciar os lapsos de memória comuns daqueles que indicam a condição pode gerar tanto preocupação em quem está saudável quanto demora no diagnóstico precoce de quem não está.

A geriatra Margarida Tutungi, do Hospital Placi (Niterói-RJ), explica que um dos principais desafios no diagnóstico do Alzheimer é vencer o estigma de que o idoso está ficando "caduco" e que esquecimento, alteração do humor e raciocínio são coisas normais da idade. Quanto mais cedo o Alzheimer for identificado, mais precocemente será iniciado o tratamento medicamentoso e terapêutico.…

HÁBITOS E ATIVIDADES QUE RETARDAM O APARECIMENTO DO ALZHEIMER

Imagem
Hábitos e atividades que retardam o aparecimento do AlzheimerO mal de Alzheimer é uma doença degenerativa e ainda sem cura que leva à perda de memória e de outras funções cognitivas. Embora ainda não estejam totalmente comprovadas as causas deste mal, algumas atividades e mudanças no estilo de vida podem, além de fortalecer o corpo e a mente, retardar o desenvolvimento da doença.

Mexa-seA prática de exercícios físicos, estimulando a circulação sanguínea no cérebro, fortalecem a liberação de substâncias importantes que auxiliam no funcionamento do sistema nervoso. Além das atividades físicas regulares retardarem o aparecimento do Alzheimer em pessoas saudáveis, são muito importantes também para os portadores da doença, pois atenuam os sintomas e reduzem as chances de internação precoce. Exercícios para o cérebroEstudar, ler, fazer cálculos e até mesmo meditar são algumas das atividades que, além de fortalecer a memória, estimulam as sinapses - conexão neurológica que acontece ao aprender…

SAIBA TUDO SOBRE ALZHEIMER, E COMO É FEITO O TRATAMENTO DESSA DOENÇA QUE SE TORNOU UM DOS MAIORES PROBLEMAS DE SAÚDE NA TERCEIRA IDADE NO MUNDO

Imagem
Alzheimer: o que é, sintomas, tratamentos e causas
O que é Alzheimer?O Alzheimer é uma doença neuro-degenerativa que provoca o declínio das funções cognitivas, reduzindo as capacidades de trabalho e relação social e interferindo no comportamento e na personalidade da pessoa. De início, o paciente começa a perder sua memória mais recente. Pode até lembrar com precisão acontecimentos de anos atrás, mas esquecer que acabou de realizar uma refeição. Com a evolução do quadro, o Alzheimer causa grande impacto no cotidiano da pessoa e afeta a capacidade de aprendizado, atenção, orientação, compreensão e linguagem. A pessoa fica cada vez mais dependente da ajuda dos outros, até mesmo para rotinas básicas, como a higiene pessoal e a alimentação. O Alzheimer é a causa mais comum de demência - um grupo de distúrbios cerebrais que causam a perda de habilidades intelectuais e sociais. Na doença de Alzheimer, as células cerebrais degeneram e morrem, causando um declínio constante na memória e na funçã…