SINAIS DE ALERTA PARA O DIAGNÓSTICO PRECOCE DE ALZHEIMER

5 sinais que precedem o Alzheimer


5 sinais que precedem o Alzheimer


O Alzheimer é um tipo de demência que geralmente se manifesta depois dos 60 anos. Infelizmente, com os conhecimentos que temos atualmente, não existe cura para a doença. O seu progresso pode ser lento no início: as pessoas começam a ter dificuldade para lembrar determinadas coisas e, posteriormente, têm perdas de memória mais graves a ponto de não reconhecer os seus familiares. Neste estágio da doença, as pessoas se tornam dependentes dos outros.
Nos estágios iniciais deste transtorno algumas partes do cérebro que controlam o pensamento, a memória e a linguagem começam a ser afetados. Por isso, embora possa parecer que a doença de Alzheimer chega silenciosamente, o fato é que há certos sinais que podem revelar a sua presença, mesmo quando eles não são muito aparentes.

Sinais prévios ao Alzheimer

1. O desempenho das tarefas diárias fica mais difícil

É normal que, ocasionalmente, esqueçamos as chaves dentro de casa, de pagar uma conta ou alguma outra situação cotidiana. No entanto, com as pessoas que estão começando a sofrer de Alzheimer isto acontece com muito mais frequência e, às vezes, pode envolver algum perigo.
Por exemplo, elas podem deixar o gás ligado inadvertidamente, sofrendo os riscos que isso implica. Da mesma forma, podem deixar um bolo assando no forno e esquecer de tirá-lo. Elas também podem esquecer como preparar refeições simples e até mesmo como servi-las. Ou seja, não se lembram de como organizar os pratos, os guardanapos, como colocar os talheres …
Gradualmente, a doença de Alzheimer vai provocando certas limitações que impedem o desempenho das tarefas diárias mais simples e insignificantes.

Sinais que precedem o Alzheimer

2. Os problemas para se comunicar são significativos

Em algum momento da vida já experimentamos o fenômeno que conhecemos como “está na ponta da língua”. Mas este fenômeno cotidiano, que se refere a um problema na recuperação da informação, pode ter um significado mais grave para algumas pessoas. Pode ser um sinal de que estão começando a sofrer de Alzheimer.
As pessoas que sofrem deste distúrbio têm sérias dificuldades em encontrar a palavra adequada quando estão tentando comunicar algo. Às vezes, é muito difícil completar ou dar o sentido correto para uma frase. Isso acontece porque elas não são capazes de substituir a palavra que está na “ponta da língua” por um sinônimo, ou mesmo para explicar o que eles querem dizer utilizando outras palavras.
Por causa desta doença, as pessoas com Alzheimer começam a ter sérios problemas de comunicação porque o seu vocabulário vai se reduzindo e esquecem palavras muito comuns usadas ​​no dia a dia e, sem as quais, fica difícil se expressar de uma maneira coerente e compreensível.

3. Desorientação em lugares conhecidos

Um dos sinais de alarme mais importantes que o Alzheimer apresenta é a desorientação. De repente, as pessoas se perdem quando saem nas ruas conhecidas ou no seu próprio bairro. Às vezes, podem até sofrer breves períodos de desorientação dentro da sua própria casa.
De repente, não sabem onde está o banheiro ou não reconhecem a casa onde vivem. Experimentar esse tipo de situação pode provocar episódios graves de estresse e ansiedade. Estes sinais devem ser levados em conta, por mais breves que sejam, pois podem indicar que a pessoa sofre de Alzheimer.
Com a idade podemos ter um comprometimento cognitivo leve, que muitas vezes provoca o esquecimento de algumas coisas com frequência, como consultas médicas ou onde colocamos determinado objeto. No entanto, nem todas as pessoas com comprometimento cognitivo leve terão a doença de Alzheimer.

Sinais que precedem o Alzheimer

4. Dificuldade para pensar de forma abstrata

Se deixarmos os nossos filhos com o avô ou avó e, enquanto estão tomando banho eles se esquecem completamente dos netos, pode ser um sinal de alerta da doença de Alzheimer. Um esquecimento temporário é normal, mas as pessoas com Alzheimer esquecem completamente o que estavam fazendo e têm problemas para acessar a memória quando disse lhe contamos o que aconteceu.
Isso também acontece quando estão procurando algo. As pessoas com Alzheimer perdem objetos com facilidade, porque podem colocar, por exemplo, o açúcar em um lugar inapropriado, como o forno ou a geladeira.
Dessa forma, quando vão procurá-lo no lugar correto não vão encontrá-lo e podem até mesmo ter esquecido onde o colocaram. Às vezes, também se esquecem do que estavam fazendo. Por exemplo, se estão limpando a casa e vão buscar a vassoura para varrer, no meio do caminho se esquecem de que estavam limpando e começam a fazer outra coisa.

5. Mudanças de humor muito bruscas

As pessoas com a doença de Alzheimer têm alterações de humor muito bruscas sem razão aparente. Podem começar a chorar de repente quando anteriormente estavam calmos ou podem se tornar irritados quando antes estavam sorrindo e muitos tranquilos.
Mas, além de tudo isso, uma mudança que deixa claro que a pessoa sofre desse transtorno é que elas perdem a iniciativa para fazer as coisas. O fato de esquecer o que estavam fazendo, a desorientação e as alterações de humor que experimentam as deixam esgotadas de tal forma que se cansam facilmente e se tornam muito passivas na realização de qualquer trabalho.
As pessoas com Alzheimer precisam de alguém que as motive a fazer as coisas, como sair para caminhar, conhecer outras pessoas, fazer as tarefas domésticas, tomar banho… Pois esta doença anula qualquer iniciativa.
 Estes são alguns sinais de alerta que nos levam a suspeitar de uma possível demência. É necessário enfatizar que no início podem ser muito sutis, tomados como fenômenos normais que acontecem a todos nós e não levamos em conta. No entanto, com o passar do tempo eles se tornarão cada vez mais evidentes, claros e frequentes.
5 sinais que precedem o Alzheimer
O diagnóstico precoce é fundamental para retardar o seu avanço, pois normalmente a doença vai se agravando com o passar do tempo. Isso permitirá que o paciente mantenha a sua independência e qualidade de vida por mais tempo.
Fonte:https://amenteemaravilhosa.com.br/


Sinais de Alerta para um Diagnóstico Precoce


 Muitas vezes, pode ser difícil perceber a diferença entre as alterações nas funções cognitivas resultantes do processo natural de envelhecimento, com sintomas que poderão traduzir a instalação de um quadro patológico.

Se de alguma forma, as alterações interferirem na vida quotidiana da pessoa, é aconselhável o recurso a uma consulta médica, para que após avaliação clínica, seja iniciado o processo de diagnóstico diferencial.

A tabela apresentada, pretende alertar para a importância de estar atento a sinais que não sendo por si só reveladores de patologia, justificam uma avaliação médica e psicológica.

Sinais de alerta
O que é normal no envelhecimento
Esquecer-se de parte ou da totalidade de um acontecimentoTer uma vaga lembrança de um acontecimento
Progressivamente perder a capacidade de seguir indicações verbais ou escritasManter a capacidade de seguir indicações verbais ou escritas
Progressivamente perder a capacidade de acompanhar a história de uma novela ou filmeManter a capacidade de acompanhar a história de uma novela ou filme
Esquecer-se progressivamente de informação que conhecia, como dados históricos ou políticoEsquecer-se de nomes ou palavras, mas recordá-los posteriormente
Perder progressivamente a capacidade de, autonomamente, se lavar, vestir ou alimentarManter a capacidade de se lavar, vestir, alimentar, apesar das dificuldades impostas pelas limitações físicas
Progressivamente perder a capacidade de tomar decisõesTomar uma decisão errada pontualmente
Progressivamente perder a capacidade de gerir o seu orçamentoCometer erros ocasionais, por exemplo a passar um cheque.
Não saber em que data ou estação do ano estáFicar confuso sobre o dia da semana em que se encontra, mas lembrar-se mais tarde
Ter dificuldades em manter uma conversa, não conseguindo manter o raciocínio ou lembrar-se das palavrasEsquecer-se, às vezes, de qual a melhor palavra a usar
Esquecer-se do local onde guardou um objeto e não ser capaz de fazer o processo mental retractivo para se lembrarPerder alguma coisa de vez em quando, mas conseguir encontrá-la através do seu raciocínio lógico
























10 Sinais de Alerta da Doença de Alzheimer

No começo são os pequenos esquecimentos, normalmente aceites pelos familiares como parte do processo normal de envelhecimento, que se vão agravando gradualmente. As pessoas com Doença de Alzheimer tornam-se confusas, passando a apresentar alterações da personalidade, com distúrbios de conduta e acabam por não reconhecer os próprios familiares e até a si mesmas quando colocadas frente a um espelho.

À medida que a doença evolui, tornam-se cada vez mais dependentes de terceiros, iniciam-se as dificuldades de locomoção, a comunicação inviabiliza-se e passam a necessitar de cuidados e supervisão permanente, até mesmo para as atividades elementares do quotidiano como alimentação, higiene, vestuário, etc..

Muitas vezes, pode ser difícil perceber a diferença entre as mudanças características do envelhecimento e os primeiros sinais da Doença de Alzheimer. A perda de memória é uma característica natural do envelhecimento. Mas quando a perda de memória começa a perturbar a vida quotidiana da pessoa, já não estamos a falar de algo natural, mas sim daquilo que poderá ser um sintoma de demência.

Pergunte-se: Isto é algo novo?

Por exemplo, se a pessoa nunca foi muito boa a passar um cheque, não há motivos para se preocupar se a pessoa tiver dificuldades em passar um cheque. Mas se a sua capacidade de passar um cheque mudou muito, é algo a partilhar com um médico.

Algumas pessoas podem reconhecer mudanças em si mesmas antes que alguém se aperceba. Outras vezes, os amigos e a família serão os primeiros a observar as alterações na memória da pessoa, nos seus comportamentos ou capacidades.

Para o ajudar, a Alzheimer Portugal criou esta lista de sinais de alerta para a Doença de Alzheimer e outras demências.

Cada pessoa é um caso único e, por isso, pode ter um ou mais destes sinais em diferentes graus. Muitos dos sintomas da Doença de Alzheimer podem ser, também, sintomas de outras doenças como, por exemplo, depressão. Por isso, caso detete alguns destes sinais, consulte o seu médico de família

Esta lista pode ajudá-lo a reconhecer os sinais de alerta da Doença de Alzheimer:

1. Perda de Memória
Um dos sinais mais comuns da Doença de Alzheimer, especialmente nas fases iniciais, é o esquecimento de informações recentes. Outros exemplos incluem o esquecimento de datas importantes ou eventos, repetir a mesma pergunta várias vezes, usar auxiliares de memória (por exemplo, notas, lembretes ou dispositivos eletrónicos) ou mesmo membros da família para as coisas que habitualmente se lembrava por si mesmo.

O que é normal?

Às vezes, esquecer-se de nomes ou palavras, mas recordá-los posteriormente.

2. Dificuldade em planear ou resolver problemas
Algumas pessoas podem perder as suas capacidades de desenvolver e seguir um plano de trabalho ou trabalhar com números. Podem ter dificuldade em seguir uma receita familiar ou gerir as suas contas mensais. Podem ter muitas dificuldades de concentração e levar muito mais tempo para fazer coisas que habitualmente faziam de forma mais rápida.

O que é normal?
Cometer erros ocasionais, por exemplo a passar um cheque.

3. Dificuldade em executar tarefas familiares
Pessoas com Doença de Alzheimer podem ter dificuldades em executar diversas tarefas diárias. Podem ter dificuldades em conduzir até um local que já conhecem, gerir um orçamento de trabalho ou em lembrar-se das regras do seu jogo favorito. A pessoa com Doença de Alzheimer pode ser incapaz de preparar qualquer parte de uma refeição, ou esquecer-se de que já comeu.

O que é normal?
Às vezes precisar de ajuda para gravar um programa de televisão ou deixar as batatas no forno e só se lembrar de as servir no final da refeição.

4. Perda da noção de tempo e desorientação
As pessoas com Doença de Alzheimer podem perder a noção de datas, estações do ano e da passagem do tempo. Podem ter dificuldades em entender alguma coisa, que não esteja a acontecer naquele preciso momento. Às vezes podem até esquecer-se de onde estão ou como chegaram até lá.

O que é normal?
Ficar confuso sobre o dia da semana em que se encontra, mas lembrar-se mais tarde.

5. Dificuldade em perceber imagens visuais e relações espaciais
Para algumas pessoas, ter problemas de visão pode ser um sinal de Doença de Alzheimer. Podem ter dificuldades de leitura, dificuldades em calcular distâncias e determinar uma cor ou o contraste. Em termos de perceção, a pessoa pode passar por um espelho e achar que é outra pessoa, não reconhecendo a sua imagem refletida no espelho.

O que é normal?
Ter problemas de visão devido a cataratas.

6. Problemas de linguagem
As pessoas com doença de Alzheimer podem ter dificuldades em acompanhar ou inserir-se numa conversa. Podem parar a meio da conversa e não saber como continuar ou repetir várias vezes a mesma coisa. Podem ter dificuldades em encontrar palavras adequadas para se expressarem ou dar nomes errados às coisas.

O que é normal?
Às vezes ter dificuldade em encontrar a palavra certa para dizer alguma coisa.

7. Trocar o lugar das coisas
As pessoas com Doença de Alzheimer podem colocar as coisas em lugares desadequados. Podem perder os seus objetos e não serem capazes de voltar atrás no tempo para se lembrarem de quando ou onde o usaram. Às vezes, podem até acusar os outros de lhes roubar as suas coisas.

O que é normal?
Perder coisas de vez em quando, como não saber onde estão os óculos ou o comando da televisão.

8. Discernimento fraco ou diminuído
As pessoas com Doença de Alzheimer podem sofrer alterações na capacidade de julgamento ou tomada de decisão. Por exemplo, podem não ser capazes de perceber quando os estão claramente a enganar e ceder a pedidos de dinheiro, podem vestir-se desadequadamente ou mesmo não não ir logo ao médico quando têm uma infeção, pois não reconhecem a infeção como algo problemático.

O que é normal?
Tomar uma decisão errada de vez em quando.

9. Afastamento do trabalho e da vida social
As pessoas com Doença de Alzheimer podem começar a abandonar os seus obbies, atividades sociais, projetos de trabalho ou desportos favoritos. Podem começar a demonstrar dificuldade em assistir a um jogo do seu clube até ao fim, como faziam antes, ou podem esquecer-se de acabar alguma atividade que começaram.

O que é normal?
Às vezes, sentir-se cansado do trabalho, da família, ou não lhe apetecer sair.

10. Alterações de humor e personalidade
O humor e a personalidade das pessoas com Doença de Alzheimer pode alterar-se. Podem tornar-se confusos, desconfiados, deprimidos, com medo ou ansiosos. Podem começar a irritar-se com facilidade em casa, no trabalho, com os amigos ou em locais onde eles se sintam fora da sua zona de conforto. Alguém com a Doença de Alzheimer pode apresentar súbitas alterações de humor ? da serenidade ao choro ou à angústia ? sem que haja qualquer razão para tal facto.

O que é normal?
Desenvolver formas muito específicas de fazer as coisas e irritar-se quando a sua rotina é interrompida.

Adaptado de Alzheimer Australia


Fonte:http://alzheimerportugal.org/pt/text-0-9-33-34-sinais-de-alerta-para-um-diagnostico-precoce

Postagens mais visitadas deste blog

TEONANÁCATL - COGUMELO SAGRADO,A CARNE DOS DEUSES

TIPOS DE TRANSE : COMPREENDENDO OS ESTADOS ALTERADOS DE CONSCIÊNCIA

AYAHUASCA,O CHÁ DO SANTO DAIME : CHÁ SAGRADO OU DROGA ALUCINÓGENA ?